Estás a ver aquilo ali ? sim , é um marco de correio , talvez do Porto , ou de Coimbra não sei , sei que me vai servir para enviar alguns dos meus sentimentos para muito longe; paixão , amor , saudade e enfim […] .
Vou embrulhar tudo numa caixa , e colocar essa mesma caixa dentro do marco e por no destinatário: para o fim do mundo . pode ser que eles se vão mais rápido do que eu estou à espera , e nunca mais voltem para mim (!)
Mas será que isso acontece na vida real ? eu acho que ainda estou a acordar de um sonho , isso sim . gostaria de ser capaz de dizer que , uma vez ou outra , ainda tenho sonhos que me fazem pensar que me posso ver livre destes sentimentos todos num pestanejar de olhos. O problema é mesmo quando acordo , e olho em volta e vejo que afinal a realidade é esta , dura mas pura . se nos matássemos era melhor , talvez .
De facto , não , nunca tinha futuro estes sonhos . e foi assim que a ideia primeiro se implantou nesta cabecinha . o suicídio a dois é um suicídio fácil . atrai os apaixonados cobardes . que bom seria se , cada vez que as coisas corressem mal , pudéssemos dar ordens ao pessoal todo: « pronto ! agora vamos todos matarmo-nos ! »
Texto: Vanessa Marques

6 comentários:

  1. Obrigado :)
    tens aqui um bom blog, também já sigo *

    ResponderEliminar
  2. Adorei *.*
    Sempre achei o suicido que dizem só para corajosos é bem lá no fundo uma cobardia. As pessoas nao querem é lutar !

    ResponderEliminar
  3. Obrigada por seguires *-*
    Gostei muito do texto :)

    ResponderEliminar

escreve (me).